google-site-verification: google7721a69443d11381.html
 

O açúcar escondido nos alimentos pode estar dificultando a recuperação de sua saúde.

Você que se preocupa com a qualidade de sua alimentação sabe de fato que alimentos estão livres de açúcar?


Se você se interessou por este texto, certamente é uma pessoa preocupada com o cuidado de sua saúde.

Parabéns! Essa atitude possibilita um futuro sem problemas.


No entanto, com a industrialização dos alimentos é muito difícil saber quanto açúcar ingerimos no dia a dia, buscando uma vida mais prática.


O açúcar vem sendo utilizado no processamento dos alimentos para, além de fornecer o doce sabor, conferir textura, corpo, sabor, estabilidade, cor dourada e volume, tão apreciados pelo consumidor na escolha dos produtos no mercado. Por isso, muitos produtos não relacionados ao sabor doce apresentam contém quantidades de açúcar que também prejudicam seu organismo. Produtos como presuntos, salames, biscoitos salgados, molhos de tomate, iogurtes, molhos para saladas, produtos vegetais envasados vem sendo acrescentados de açúcares e o consumidor geralmente tende a ignorar. Sem um salame contém açúcar, imagine quanto sal é necessário para manter aquele sabor salgado e picante que nos atrai.


Cuidar das quantidades açúcar ou de produtos que se transformarão neles no processo digestivo é importante para a proteção da saúde e a prevenção das doenças crônico-degenerativas. Aos seus excessos são atribuídas as alterações metabólicas que geram os problemas de glicose, colesterol e pressão sanguínea elevados e os estados inflamatórios, distúrbios que levam a doenças como diabetes, infarto, acidente vascular cerebral, câncer e às diversas doenças inflamatórias.


No sentido de seu autocuidado é importante conhecer que quando falamos do impacto do açúcar nos alimentos nos referimos não só aos derivados da cana de açúcar, como a sacarose, mas também aos amidos e outros ingredientes que são transformados em glicose pelo processo digestivo como a dextrose e maltodextrina, para citar os mais comuns.


Para se informar, além do atrativos da marca e do produto apresentados na decoração da embalagem, procure identificar na parte que relaciona a composição do produto que lhe interessa, ou seja, nos “ingredientes”, este geralmente localizado na parte detrás da embalagem em letras bem pequenas. Para facilitar essa tarefa use uma lupa ou fotografe com seu celular e amplie a foto para conseguir encontrar o que procura. Para treinar seu olhar investigativo pesquisamos alguns tipos de produtos e relacionamos seus ingredientes ressaltando, em vermelho, os açúcares que encontramos.


Verifique nas imagens abaixo, investigue cada produto de seu interesse.


Participando do Programa comunidades de autocuidado, você vai descobrir quais alimentos são os melhores para proteger sua saúde.


Inscreva-se para saber dos próximos grupos.


Desejamos que você a qualidade de vida que merece.


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags