google-site-verification: google7721a69443d11381.html As doenças decorrem das reações de defesa de nosso organismo

As doenças decorrem das reações de defesa de nosso organismo

September 19, 2017

Nosso corpo foi programado para uma vida longa saudável. Ele nasce, cresce, desenvolve, reproduz graças ao um processo inteligente e natural inerente à vida. A expectativa de vida longeva é um direito inato de todos os seres quando existe harmonia e sabedoria para conduzir a vida em relação com o meio ambiente.

 

O organismo reage às situações adversas por meio de sinais e sintomas e, mesmo de doenças que são, na verdade, tentativas de manter a vida. A medicina vem se desenvolvendo desde os primórdios da humanidade, com vistas a cuidar e buscar saídas quando o organismo comprometido não dá conta de recuperar-se espontaneamente.

 

A observação da natureza humana, de seu funcionamento e do meio que o cerca erigiram os conhecimentos sobre as causas de adoecimento e as medidas  para  tratamentos dos distúrbios, dos acidentes e para a preservação da saúde.

 

A vida moderna, com seu atrativos de conforto e praticidade, oferecido pelo desenvolvimento tecnológico, está cobrando um preço muito alto: o risco da extinção de nossa espécie por doenças não naturais e ao mesmo tempo um grande desequilíbrio ambiental.

 

Nosso corpo reage sistemicamente aos fatores agressores, tentando se adaptar. Se a agressão é persistente e repetitiva, a capacidade resolutiva é ultrapassada e começam a parecer os sinais e sintomas do desequilíbrio metabólico. É esse processo que tem gerado as doenças crônicas não transmissíveis.

 

Assim, alterações nos níveis de colesterol, glicose, pressão arterial, tensões musculares, enxaqueca, inchaço, indisposição, ansiedade, distúrbios do sono, etc. são alterações na função do organismo para tentar manter a vida.

 

 Ao longo do tempo, o organismo vai sofrendo lesões que podem caminhar para a irreversibilidade e deixar sequelas. É nessa fase que aparecem diabetes, infarto, derrame, artrite, doenças autoimunes, câncer, depressão, entre outras.

 

 

Estima-se que hoje em dia uma criança aos 8 anos de idade já consumiu mais açúcares do que uma pessoa de 80 anos consumiu em toda sua vida. 

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

Como funciona o Programa Comunidades de Autocuidado

July 30, 2017

1/3
Please reload

Posts Recentes

April 22, 2019